Como escrever e promover a sua campanha

Caso tenha uma forte convicção em relação a um tema e esteja determinado em encontrar uma solução, é provável que haja muitos europeus a partilharem o seu ponto de vista. O que é necessário é interligar toda esta gente e fazer chegar a sua voz à pessoa que pode promover a mudança. Organizar uma campanha não é assim tão difícil.

Definir o objetivo

O que é preciso mudar e de que forma se pode mudar? Qual é o seu objetivo?

Descobrir um título apelativo

O título tem de ser curto e específico. É importante despertar a curiosidade das pessoas, mas também é necessário arranjar um título claro que transmita a essência da campanha. Poderá, por exemplo, realçar a urgência da questão ou concentrar-se numa solução: o que importa é chamar a atenção e estabelecer um vínculo emocional com a sua causa.

Identificar a pessoa ou uma instituição que possa promover a mudança

Precisa de alguém que possa realmente tomar a decisão ou as medidas que estão a ser preconizadas. Faça a pesquisa necessária até encontrar a pessoa ou a instituição mais importante que tenha poderes para tomar uma decisão ou desencadear um processo sem ter de pedir autorização.

Escrever um bom texto para a sua petição

O texto da petição é a sua . Por isso mesmo, tente descrever minuciosamente, mas com clareza, o problema em causa. Evite longas introduções, vá direto ao assunto e refira a crise, a urgência.

Em seguida, identifique uma solução e explique por que motivo e de que forma a pressão pública irá ajudar a promover a mudança. A sua solução deverá assentar num trabalho de pesquisa e noutras informações relevantes, que lhe permitam apresentar uma ligação clara entre a mesma e os resultados expectáveis. Para o efeito, poderá ligar as sucessivas frases por meio da conjunção "para que". Preste atenção ao detalhe e também à linguagem escolhida para a redação do texto: caso pretende incitar à ação, deverá apresentar de forma direta, simples e ativa a questão e a solução em causa.

Recursos visuais

A inclusão de uma imagem adequada poderá fazer toda a diferença. A escolha dos recursos visuais adequados permitirá estabelecer um vínculo mais forte entre os leitores do seu texto de petição e a causa da mesma, bem como chamar a atenção das pessoas e incentivá-las a agir. Quando escolher as imagens, tente realçar a essência da causa, salientar a extensão do problema e/ou proporcionar uma reflexão sobre os objetivos da campanha. Escolha entre uma a três imagens de 1200x630 píxeis que, no seu entender, transmitam da melhor forma a essência da sua causa.

Partilha por e-mail

A forma mais fácil e mais eficaz de atrair a primeira onda de assinaturas para a sua campanha é informar as pessoas que fazem parte da sua lista de contactos de e-mail. O e-mail poderá conter mais informações sobre a causa e sobre os motivos pelos quais é importante as pessoas assinarem a sua petição. Inclua uma mensagem pessoal sobre a importância de assinarem a sua petição e um link para a página ou para o site onde poderão assiná-la. Peça às pessoas da sua lista de contactos que encaminhem a mensagem para os seus próprios contactos e inclua um apelo direto e claro à partilha da campanha. Depois de enviar o primeiro e-mail, é conveniente enviar igualmente um e-mail de agradecimento às pessoas que assinaram a sua petição. Aproveite para convidar as pessoas a participar de forma ativa na causa, partilhando-a e promovendo-a.

Partilha nas redes sociais

Não subestime, de forma alguma, o poder das redes sociais. A partilha constante e o envio de tweets constitui uma forma de manter a campanha sempre viva. Inclua uma mensagem pessoal e um convite para assinar quando partilhar o link para o site da petição.

Torne a sua petição conhecida: as suas publicações deverão estar sempre disponíveis ao público em geral, para que a informação sobre a sua campanha possa ser vista pelo maior número possível de pessoas. Escolha uma boa hashtag ou utilize uma hashtag de um assunto relacionado, para gerar visibilidade. Adicione imagens e vídeos.

E acima de tudo, mantenha o foco. Promova a sua petição de forma regular: publique atualizações e mantenha o contacto com os seus apoiantes.

Dê mais um passo

Depois de ter feito a divulgação junto dos seus contactos de e-mail e nas redes sociais, não descure outros espaços online onde seja possível ganhar apoios. As salas de chat e os fóruns temáticos geralmente albergam pessoas com ideias semelhantes. Convide-os a apoiar a petição, a assiná-la e a promovê-la. É importante encontrar outras pessoas que tenham a mesma paixão pela sua causa e conseguir chegar até elas, mesmo que (ainda) não as conheça pessoalmente: a criação de um sistema de apoio forte pode ser crucial.

Não se restrinja ao ciberespaço

Não convém limitar a sua promoção ao mundo virtual. Fale da sua causa às pessoas dos seus conhecimentos e incentive-as a passar a palavra. Por vezes é mais fácil explicar pessoalmente a importância de uma causa, dialogando com as pessoas e trocando opiniões.

Mantenha-se empenhado

Acompanhe a sua campanha, atualize o conteúdo e envie atualizações. Peça feedback aos seus apoiantes e tente aperfeiçoar o seu título, texto e conteúdo visual à medida que a campanha vai decorrendo, para conseguir maximizar o impacto.